Testar para controlar: Prefeitura amplia testagem em Vitória da Conquista

Por Fábio Sena / 06.06.2020 às 09:17

Covid-19

Covid-19

Testar para controlar. Esta tem sido a máxima de todos os países que conseguiram controlar a pandemia provocada pelo novo Coronavírus. Quanto maior o número de testes, melhor o planejamento das ações e maior o controle das pessoas infectadas. A Prefeitura de Vitória da Conquista tem ampliado o número de testagens exatamente para ter maior segurança em relação ao percentual de infectados, inclusive os assintomáticos.

Neste sábado (6), a equipe de Vigilância Epidemiológica, da Secretaria Municipal de Saúde, realiza uma força-tarefa para atualizar os dados de Vitória da Conquista no sistema federal e-SUS VE. É por esse sistema que são registradas as notificações de casos leves de Síndrome Gripal, bem como os casos suspeitos e confirmados da Covid-19.

De acordo com a secretária de Saúde interina, Ramona Cerqueira: “As informações que estão sendo atualizadas são de pessoas notificadas desde março de 2020 e que não possuíam critério para coleta laboratorial. A Secretaria está fazendo contato com esses pacientes para realizar o teste rápido para fins clínicos e epidemiológicos”.

O Governo Federal encaminhou 11.580 testes rápidos para Secretaria Municipal de Saúde, dividido em dois lotes. Outros 2.600 foram adquiridos pela Prefeitura, totalizando 14.180 testes. Até o momento, foram utilizados cerca de 4 mil testes, aplicados em pacientes com quadro clínico epidemiológico compatível com Covid-19, em profissionais de saúde e de segurança pública em atividade (independente de sintomas), bem como seus contatos domiciliares, além de servidores de secretarias que trabalham na linha de frente do enfrentamento da pandemia.

Também foram testadas pessoas com 60 anos ou mais, sintomáticos ou não, residentes em instituições de longa permanência de idosos (abrigos e asilos) ou portadores de comorbidades de risco para complicação da Covid-19. Além dos 4 mil testes rápidos realizados pela Prefeitura, outros 3.500 foram feitos pela Secretaria de Saúde do Estado.

Com essa intensificação da testagem na população, a força-tarefa de hoje é imprescindível para atualizar os dados no sistema de informações. Por esse motivo, o Boletim epidemiológico diário passará a constar de um número de notificação possivelmente maior, devido a esta força-tarefa que está sendo executada.

Todas as pessoas testadas, com resultados positivos ou negativos, vem sendo notificadas no e-SUS VE. Vale ressaltar que, até agora, os 1.820 casos notificados no município divulgados no Boletim da última sexta (5) são de pessoas que possuíam algum dos critérios* para coleta laboratorial:

  1. Pacientes internados com suspeita de COVID-19;
  2. Pacientes com síndrome respiratória aguda grave (SRAG);
  3. Profissionais de saúde com síndrome gripal suspeitos de COVID-19, ou que tiveram contato com casos confirmados de COVID-19 mesmo assintomáticos;
  4. Pacientes que foram a óbito com suspeita de COVID-19 cuja coleta não pôde ter sido realizada em vida;
  5. Indivíduos institucionalizados durante investigação de surtos de COVID-19.

*Critérios estabelecidos pela Nota Técnica COE nº 54, da Secretaria Estadual de Saúde (Sesab)

“O registro no sistema permitirá a avaliação da situação epidemiológica da transmissão da Covid-19, bem como auxiliará a gestão no monitoramento e na tomada de decisão acerca de medidas locais de isolamento e ações de suporte da capacidade hospitalar do município”, destaca a secretária Ramona Cerqueira.

Além disso, os órgãos de controle utilizarão as notificações do e-SUS VE para verificar o uso correto de testes rápidos distribuídos pelo Governo Federal aos municípios.

Fonte: Secretaria de Comunicação

Deixe seu Comentário